Ramiro Viola e Pardini Ver maior

Ramiro Viola e Pardini

Disponível para Shows. Consulte-nos

Release

RAMIRO VIEIRA DE ANDRADE “Ramiro Vióla” É: Cantor, Compositor, Violeiro, Pesquisador, Colecionador de Música Sertaneja de Raíz, Radialista, Produtor de Eventos etc. Trabalhou na Direção e Produção Artística de Programas Sertanejos e Documentários para TVs no Centro-Oeste Paulista e TV Globo. Ramiro é natural de Botucatu, nascido aos 25 de Abril de 1953 na Fazenda Boa Vista, entre Pardinho e Botucatu, bem na encosta da Serra, filho de Eduardo Vieira de Andrade e Maria Teresa Janes de Andrade, sendo o terceiro filho entre os sete irmãos. Ramiro começou sua vida musical ainda menino, levado pelo seu pai nas rodas de viola em finais de semana. A vida era difícil lá na roça. O único divertimento era cantar e tocar viola e ouvir pelo Rádio os Programas sertanejos da época com as duplas caipiras, o principal meio de shows era o Circo, e quando aparecia um Circo na Cidade de Itatinga, lá íamos, o meu pai e eu, em charrete ou a cavalo, para assistir aos espetáculos.
Ramiro com 12 anos de idade mudou-se para a Cidade de Botucatu, no Bairro Tanquinho, onde ainda reside até a presente data. Formou a primeira dupla com seu primo Pedrinho, filho de seu Tio Francisco Vieira de Andrade, irmão e parceiro de cantoria de seu pai Eduardo.
Ramiro com 13 anos e Pedrinho com 15 anos respectivamente. Ramiro cantou pela primeira vez num microfone em Abril de 1967 na Rádio PRF-8 e a música apresentada foi “João de Barro” de Autoria de Teddy Vieira – Moíbo Cury. Ramiro & Pedrinho cantaram juntos por cinco anos.
Em dupla com outro parceiro, Ramiro apresentou-se pela primeira vez em 30/10/1973 na Rádio Emissora de Botucatu PRF-8, no auditório Angelino de Oliveira, época em que também se apresentou em vários Circos que passavam pelo Município de Botucatu e região.
Ramiro Vióla & Pardini formaram a dupla em 06 de novembro de 1999. Em Abril de 2002 gravaram o primeiro Cd “Violeiro Matuto”, com participações de: Inezita Barroso, Carreiro & Carreirinho e Robertinho do Acordeon.
Ramiro Vióla & Pardini estão sempre participando de: Eventos Culturais, Programas de TVs, Escolas, Universidades, Rádios e Aniversários de Cidades por todo o Brasil.

ANTONIO LUIZ NOBILE – “Pardini” – nascido aos 22 de Julho de 1965 na Cidade de São Caetano do Sul, Est. de São Paulo, é filho de Antonio Nobile e Nély Fratoni Nobile. Casado com Dilene e pai de Andréia e Adriana.
Antonio Luiz, aos dez anos de idade, por influência de sua mãe, que é natural da Cidade de Bofete SP, começou a tomar gosto pela música sertaneja, ao aprender os primeiros acordes no violão orientado por um amigo. Todavia, não era o que desejava, pois Deus lhe deu o dom de tocar “de ouvido” e o que estava aprendendo era música clássica e não a música da sua preferência “Sertaneja Raíz”.
Seu tio e hoje compadre, irmão de sua mãe, o querido Tio Nadir, desde moço sempre tocou e cantou em dupla na cidade de Bofete e região de Botucatu, onde influenciou diretamente seu sobrinho Antonio Luiz, o “Pardini” a tocar, cantar e vencer a timidez de soltar a voz em público.
Ramiro Vióla & Pardini, se apresentam por todo o Território Nacional em Shows, Programas de TVs, Rádios, Escolas e Universidades etc...
De janeiro à março de 2008 gravaram o seu 7º CD com o Título de "Aroma Sertanejo" composto por 15 faixas, quase todas de autoria de Ramiro Vióla, sendo que a faixa 02 tem a participação especialíssima e honrosa de Inezita Barroso, e na faixa 07 participação da cantora botucatuense, Sandra Reis, e a faixa 15 é uma dedicada aos 70 anos de carreira de Tonico & Tinoco, tendo nesta faixa a participação do Tinoco cantando com Ramiro Vióla um verso da célebre canção de autoria de Angelino de Oliveira: a imortal canção Tristezas do Jeca.
Ramiro Vióla & Pardini são conhecidos e considerados nacionalmente e em vários países como uma dupla autêntica da Musica Raíz, verdadeiros representantes da música genuína Caipira Brasileira, com os acordes da Viola e o Violão no peito, a dupla interpreta harmoniosamente as mais lindas canções no dueto de suas vozes, sempre falam e interpretam páginas musicais dos grandes propulsores do gênero Sertanejo Raiz, que nasceram em Botucatu, ex: Raul Torres, Serrinha, Angelino de Oliveira, Zé da Estrada, Tonico & Tinoco.
A convite do comando da Polícia Militar de Botucatu e Polícia Militar do Estado de São Paulo, através do Tenente Coronel PM César Francisco Toma e o Major Jorge Miguel Duarte à dupla Ramiro Vióla & Pardini participou da 21ª Conferência Mundial de Prevenção Criminal e Fórum Internacional protagonizado pelo Youth Crime Watch Of América . Este fórum aconteceu em Agosto de 2010 na Cidade de Orlando, Estado da Flórida, Estados Unidos. Esta entidade é conhecida no Brasil como: JCC (Jovens Construindo a Cidadania).
A dupla, além de participar efetivamente do curso, se apresentou abrilhantando musicalmente a abertura e o encerramento deste evento, com participação de pessoas vindas de todas as partes do mundo (46 Países).
A dupla Ramiro Vióla & Pardini, em 16 de Fevereiro de 2011 iniciou pela TV Serrana de Botucatu o PROGRAMA AROMA SERTANEJO (Programa Independente), no Ar todas as quartas-feiras a partir das 20hs, com reprise às quintas-feiras a partir das 13hs, para Botucatu e Região com abrangência aproximada de 15 Municípios.
A apresentação e roteiro do Programa é comandada pela Própria dupla, a finalidade do programa é apresentar ao público telespectador a história Musical Sertaneja Raíz e seus Compositores e Intérpretes.
Desde Abril de 2008 a dupla desenvolve, de iniciativa própria e sem fins lucrativos, o Projeto AROMA SHOW o qual é realizado em Bairros e Vilas da Cidade de Botucatu e Região. O Show é realizado sob um caminhão palco (gentilmente cedido pela Transp. Aquariun, assim como o Som instalado pela GERASON) com todas as condições onde os Artistas possam se apresentar e mostrar seu trabalho musical, o que constitui em grande incentivo a novos talentos, que ali encontram, não raras vezes, outros talentos já amadurecidos, onde poderão espelhar seu futuro artístico, mercê do necessário aprimoramento e dedicação.
Em virtude de seu grande amôr pela Musica Sertaneja Raíz, Ramiro Vióla recebeu em 27/04/2011 o Batismo de “GUARDIÃO DA MUSICA SERTANEJA RAÍZ”, título este autorgado pelo se Ídolo e Conterrâneo Tinoco.
Ramiro Vióla é detentor de um dos maiores e mais completo ACERVO MUSICAL SERTANEJO RAÍZ DO BRASIL, contando com aproximadamente 100.000 (Cem Mil Músicas).